sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

TRANSFEIRA - Novo percurso a 1 de Março

O TRANSFEIRA irá sofrer alterações a partir da próxima segunda-feira. O serviço passa a iniciar mais tarde, o que permite o prolongamento ao final da tarde, muito solicitado. As principais alterações prendem-se com o prolongamento à zona de Vila Boa e a reformulação da passagem na Zona Industrial de Espargo e do Complexo Desportivo em Sanfins.
Os fins de semana e feriados são os alvos mais marcantes desta acção com a redução das frequências de passagem.
Novos sistemas de bilheteira e de comunicação estão em fase de desenvolvimento.

Novo Percurso

Novo Horário

2 comentários:

Vitor Correia disse...

Boa Noite!
É com imensa tristeza que tomo conhecimento desta noticia! Gostaria de deixar uma pergunta no ar..."Sabem quais são os limites da cidade de Santa Maria da Feira?" A resposta é muito simples... "Não". No mapa é possível visualizarmos que lugares como: Milheirós, Remolha e Monte assim com Santo André que fazem parte da Cidade (situam se na parte noroeste da cidade) mas que estão esquecidos por todos e isso torna se visível no percurso novo da transfeira.
Uma nota a tomar em conta é o facto de estes já terem pertencido ao percurso efectuado pela transfeira, durante um período muito pequeno desde o inicio da existência da "empresa". Existiam poucos horários (não quero enganar ninguém mas se bem me recordo existiam três horários possíveis um de manhãzinha, um a hora do almoço e um no fim tarde), ou seja em suma muitos moradores como era o meu caso que queriam se deslocar para o resto da cidade noutros períodos estariam limitados e teriam de optar por outro transporte e o mais que não fosse a pé. Nesse período de tempo também me lembro que os restantes lugares da cidade tinham vários horários a sua disposição.
O que é certo é que deixaram de existir pois não traziam lucro a empresa e claro aos moradores que não optavam pelo transporte urbano pois estavam bastante limitados quanto aos horários.
O facto que vos chamo a atenção é que esses lugares na realidade estão esquecidos, não sei se por viverem poucas pessoas comparativamente com Cruz ou o Cavaco, mas que no meu entender não são razoes para que os moradores não tenham direito a transportes urbanos. Atenção no meu entender este é um grave erro neste novo percurso mas claro não posso também deixar como nota positiva a principalmente a integração da zona industrial de Espargo(freguesia) e claro também a Piedade e mesmo a centro de treino do C. D. Feirense em Sanfins(freguesia) que irão trazer benefícios para a empresa e muito mais para as pessoas.

bc23 disse...

Bom dia Vitor,
desta vez optei por deixar simplesmente a informação sem tecer comentários, já cá escrevi muito sobre o Transfeira... e não concordo com os moldes deste serviço. Mais uma vez volto a dizer que o serviço circular não é funcional, as frequências de passagem não são convidativas e com os novos horários de fim de semana muito menos.
Desde sempre disse que a "linha da Remolha" como era apelidada para nada servia, muito em especial pelo facto de ter apenas 3 serviços diários.
Quanto ao novo trajecto continuo a acreditar que peca dos mesmos males!

No meu enterder deveriamos ter um pequeno conjunto de linhas, não apenas na cidade (Remolha, Milheirós incluidos), mas algo mais alargado ao concelho.
Para ser convidativo os tempos de espera não deveriam ser superiores a 20 min e o tempo de viagem Cavaco-Cruz não poderá de todo ser cerca de 30 min, quando a pé se faz nesse tempo. As zonas mais "pesadas" da linha Cavaco-Centro-Cruz deveriam, no meu entender, ser servidas por uma linha "linear" com serviço nos 2 sentidos, sendo complementada com outra(s) de menor frequância de passagem, mas concerteza mais de 3 vezes por dia.

Esperemos que a 3ª fase da Transfeira traga mais novidades... de qualquer forma espero que não sejam precisos mais meia dúzia de anos para a próxima reformulação.