quinta-feira, 29 de março de 2012

Morreu trabalhador ferido em incêndio

Morreu o trabalhador que ficou ferido com muita gravidade no incêndio que, na quarta-feira, destruiu a empresa de tintas, TSL, em Fiães, Santa Maria da Feira. 

O operário, de 53 anos, tinha sofrido queimaduras graves em todo o corpo. Foi transportado para o Hospital de Gaia, mas acabaria por ser transferido para o Hospital da Prelada no Porto, onde deu entrada na Unidade de Queimados.
Desde as 19.23 horas de quarta-feira, um incêndio consumiu a fábrica de tintas TSL/Portugal, em Fiães, tendo provocado um outro ferido, por inalação de fumo, segundo o proprietário da unidade industrial.
Devido à intensidade do fogo e das explosões, os bombeiros procederam à evacuação das habitações na zona envolvente da fábrica.
Em 18 de agosto do ano passado, sete dezenas de bombeiros foram chamados a combater as chamas na fábrica, num sinistro que se chegou a temer pudesse alastrar a outra empresa, também com matérias inflamáveis.
Na época, o proprietário da fábrica, Manuel Alves Silva, tinha assegurado a permanência de todos os postos de trabalho. Desta vez, diz que não poder dar a mesma garantia.

@ Jornal de Notícias

1 comentário:

Toni disse...

AS MINHAS CONDOLÊNCIAS À FAMILIA ENLUTADA POR GRANDE DESGRAÇA