segunda-feira, 20 de junho de 2011

Colectivo Enfarte: "37 anos a foder Portugal"



Excelente trabalho. Há algum tempo que as opções artísticas do Imaginarius não subiam às reuniões camarárias. Depois do porco no espeto, do pseudo centro comercial que afinal não era, da ofensa aos senhores do clero e muito mais, este ano um cartaz surpresa numa performance do Mais Imaginarius anda a dar que falar.
Pelos vistos, há quem se sinta ofendido com um cartaz que o Colectivo Enfarte utilizou na sua intervenção "sala de enfartes para vindimas low-cost", durante os 3 dias da edição 2011 do festival internacional de teatro de rua de Santa Maria da Feira. A expressão "37 anos a foder Portugal", associada às 3 forças políticas que atingiram patamar de governação, parece ter ficado entalada em certas gargantas. Sim, certamente será questionável a sua utilização... e mais ainda, confirmando-se a sua omissão no projecto apresentado. Mas uma coisa é certa, atingiram o patamar máximo que se propõe com este tipo de intervenção: a polémica. Parabéns Colectivo Enfarte!

4 comentários:

Anónimo disse...

Serviu a carapuça a alguém?

Anónimo disse...

Há opiniões e opiniões. Mas se isto é cultura estamos conversados...Pelo menos por uma questão de educação.
L.O.

bc23 disse...

Há várias forma de intervir, com diferentes meios para o fazer e distintas classificações... esta é uma delas, muito própria das Artes de Rua. Devo dizer que neste tipo de projectos este jovem agrupamento revelou-se, no mínimo, excelente. Até estava a estranhar as "reclamações"... e não só por este cartaz... :)

Anónimo disse...

adorei!!!! este cartaz, e a manifestação nas Finanças...