terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Quinta-feira é o Dia E

Foi preciso esperar mais do que era anunciado, mas o dia E (Europarque) anuncia-se para a próxima quinta-feira. Depois da morte da anunciada transferência da Exponor para a Feira (e pelos vistos também da Exponor XXI de Matosinhos), a AEP anunciou há alguns meses que se encontrava a refazer os projectos. Se a norte permanece a dúvida, a sul há já resposta.
Em meados de 2008 a nova direcção da AEP considerou um erro deslocalizar a Exponor para sul do rio Douro... mais uma vez somos considerados uma espécie de Mouros, por quem defende a Área Metropolitana e depois faz tudo para a manter apenas a norte da cidade do Porto. E neste ponto volto a tocar, porque até hoje não percebi porque não pode a Exponor rumar 30 Km a sul, mas pode sair de Matosinhos e eventualmente mudar-se para a Maia. As respostas nunca chegarão, mas passemos ao que interessa... o caso da Feira.

Santa Maria da Feira consegue prosseguir com o masterplan do Europarque, mesmo sem o grande pavilhão de exposições e surgem novos projectos. Só na próxima quinta-feira se conhecerão todos os pormenores, mas já é certo que o novo projecto se mantém fortemente ligado ao turismo e passa a contar com uma forte ligação à indústria.
Durante a tarde de quinta-feira será lançada a primeira pedra do Feira Park - Parque de Ciência e Tecnologia e só mais tarde, já no Europarque, decorrerá a cerimónia pública de apresentação do projecto de expansão da actual área do Europarque.
Segundo avança o Jornal de Negócios, o novo projecto terá 3 âncoras... o já descrito Feira Park, o Centro de Realidade Virtual, promovido pela norte-americana EON e que já está em fase de incubação no Visionarium, e surge a novidade da instalação de um Centro de Acolhimento e Serviços às Empresas. Confirmada está também a instalação de um Centro de Investigação e Clínica Oncológica da norte-americana Mayo Clinic.

1 comentário:

Mafalda disse...

Galiza - vai até ao Rio Douro - não desce.

É assim que o Porto vai-se afirmar.

Vejam o efeito do IKEA. Aquilo está "infestado" de espanhóis.