domingo, 18 de janeiro de 2009

7 Sóis 7 Luas exemplo Europeu

«Quarta-feira dia 20 de Janeiro, em Bruxelas às 11h00 decorrerá a Audiência na Comissão Cultura do Parlamento Europeu sobre a experiência do Festival Sete Sóis Sete Luas.
Esta Audiência constitui uma etapa importante no caminho percorrido pelo Festival Sete Sóis Sete Luas, no sentido de ser reconhecido pela UE como Organismo Cultural actuante a nível Europeu. De facto, há já 17 anos que o Festival promove a arte e cultura de Espanha, Itália, França e Grécia, bem como de toda a bacia do Mediterrâneo e dos países do Atlântico (Portugal, Cabo Verde, Açores), através do desenvolvimento intercâmbios originais entre os diferentes países, com o objectivo de fomentar o diálogo intercultural e a mobilidade dos artistas.
Estarão presentes na Audiência, os 72 euro-parlamentares membros da Comissão Cultural do Parlamento Europeu, assim como os representantes das cidades e das instituições pertencentes à Rede Cultural do Festival Sete Sóis Sete Luas.»

@ Sete Sóis Sete Luas


De lembrar que Santa Maria da Feira integra desde o início este projecto. Hoje o Sete Sóis Sete Luas é o responsável artístico pelo Imaginarius, parceiro da Festa Europeia da Música e co-organizador do Simpósio anual.

2 comentários:

Pedro disse...

Só para corrigir uma gaffe enorme neste texto: "dos países do Atlântico (Portugal, Cabo Verde, Açores)", Os Açores não são nenhum país, são uma região autónoma de um País, que por acaso é o nosso! :p

bc23 disse...

Tens razão... mas este texto é na íntegra do festival... é o que dá isto das traduções!